perfilexpedientepolíticas editoriaisética e boas práticasguiassubmissões
 
Viso: Cadernos de estética aplicada tem por compromisso aderir aos “Princípios de transparência e boas práticas na publicação acadêmica” e exigir de seus autores respeito aos padrões de ética editorial definidos pelo COPE (“Committee on Publication Ethics”). Não são tolerados falseamento ou fabricação de dados, plágio, incluindo a republicação de material do próprio autor sem a devida atribuição de crédito, nem uso indevido de obras de terceiros. Casos de má conduta editorial são tratados com seriedade, conforme as orientações estabelecidas pelo COPE.

Plágio
Textos submetidos para publicação são regularmente verificados por meio de ferramentas eletrônicas de detecção de plágio como parte do processo de avaliação. Para maiores detalhes, consulte nossa Política de plágio.

Autoria
Todos os autores listados no manuscrito devem ter contribuído de forma significativa para o trabalho submetido. O manuscrito deve, ademais, listar todos os indivíduos que se qualificam, segundo esse critério, como autores do texto. Viso: Cadernos de estética aplicada não admite a prática de “ghost writing” ou “gift authorship”. Todos os autores devem ter lido e aprovado a versão enviada para publicação. Mudanças de autoria após o envio do texto só são permitidas com a concordância de todos os autores.

Conflitos de interesse
No momento da submissão, os autores devem revelar ligações financeiras ou outras situações que podem levantar questões acerca da parcialidade do estudo desenvolvido ou dos resultados alcançados. Isso inclui, entre outros, financiamento para a pesquisa que deu origem à publicação, bem como para o departamento ou instituição à qual o autor é vinculado, ligações pessoais ou competição acadêmica. Casos de conflito de interesse não revelados serão tratados de acordo com as orientações do COPE.

Peer review
Artigos publicados na seção principal da revista são selecionados pelo sistema de double blind peer review, conforme detalhado no item Seleção de artigos. Os pareceristas são incentivados a seguir o “Guia de ética para pareceristas” definido pelo COPE.

O que fazer ao suspeitar de má conduta editorial
Ao detectarem um possível caso de má conduta editorial, autores e leitores em geral devem entrar em contato diretamente com os editores, através da área de Fale conosco desse site ou por meio dos endereços de email divulgados na página de Expediente. Todas as alegações de má conduta editorial são investigadas com a participação de todas as partes envolvidas.

Como lidamos com suspeitas de má conduta editorial
Ao receberem denúncias de má conduta, os editores instalam um processo investigativo de acordo com os procedimentos estabelecidos pelo COPE. Se as suspeitas se confirmarem, medidas são tomadas para sanar o problema, as quais podem variar da simples correção do texto ou atribuição de crédito até a retratação completa do artigo. As medidas que são empregadas em cada situação encontram-se definidas no “Guia para retratação” do COPE.

Material para download (COPE)
Código de conduta e boas práticas para editores
Princípios de transparência e boas práticas
Guia de ética para pareceristas
Guia para retratação
Procedimentos para lidar com suspeitas de má conduta editorial 
última ediçãoedições anterioresbusca de artigossobre este sitefale conosco
português english