O doce encanto da pintura e da escultura no Elogio de Helena de Górgias de Leontinos
Aldo Dinucci
Universidade Federal de Sergipe (UFS)
São Cristóvão (SE)
DINUCCI, Aldo. “O doce encanto da pintura e da escultura no Elogio de Helena de Górgias de Leontinos”. Viso: Cadernos de estética aplicada, v. 2, n° 4 (jan-jun/2008), p. 74-83.
Aprovado: 29/05/2008 · Publicado: 30/06/2008
O doce encanto da pintura e da escultura no Elogio de Helena de Górgias de Leontinos

Górgias de Leontinos, no Elogio de Helena, enfatiza o caráter sedutor das palavras em relação às almas humanas. A sedução das palavras, porém, não é senão um caso especial da sedução das coisas sensíveis e divinas sobre os homens, sedução que muitas vezes constrange e afoga o homem, que se vê imerso num mundo trágico onde os únicos objetos que ele pode contemplar com doçura e liberdade e sem o perigo de perder-se são as pinturas e as esculturas.

Palavras-chave:
sofística; filosofia clássica; Górgias de Leontinos
The Sweet Seduction of Painting and Sculpture in Gorgias Leontini's Encomium of Helen

Gorgias Leontini, in Encomium of Helen, underlines the seductive character of words to the human souls. This seduction, however, is nothing but a special case of the seduction of natural and divine things upon man, which many times constrains and overpasses him. In these situations, one sees oneself submerged in a tragic world where the only objects one can be contemplate with sweetness, liberty and without the danger of loosing oneself are paintings and sculptures.

Keywords:
sophistic; classical philosophy; Gorgias Leontini