Tropa: debate de elites
Paulo Hamilton
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Rio de Janeiro (RJ)
HAMILTON, Paulo. “Tropa: debate de elites”. Viso: Cadernos de estética aplicada, v. 2, n° 4 (jan-jun/2008), p. 39-45.
Aprovado: 19/05/2008 · Publicado: 30/06/2008
Tropa: debate de elites

Neste artigo, o ator Paulo Hamilton, que interpreta o soldado Paulo no filme Tropa de elite, defende o trabalho de José Padilha das acusações de comprometimento com um discurso ideológico fascista. Sua estratégia consiste em desvincular o ponto de vista sob o qual o filme é narrado – aquele do Capitão Nascimento – daquele que a obra como um todo pretenderia comunicar. Mais ainda, argumenta ele, regimes totalitários procuram combater posturas de questionamento. A polêmica que Tropa fomentou seria um indício adicional contra a sua associação ao fascismo.

Palavras-chave:
cinema; fascismo; Padilha; Tropa de elite
The Elite Squad: Discussions of the Elite

Paulo Hamilton, who plays the role of officer Paulo in The Elite Squad, challenges in this paper the so called fascist interpretation of Padilha's film. Hamilton argues that thwre is no obvious connection between the point of view under which the movie is narrated – that of Captain Nascimento – and the one Padilha seeks to convey. Fascist regimes also tend to supress questioning attitudes; The Elite Squad, on the contrary, has fostered intense debate, which supplies further evidence against such interpretation.

Keywords:
cinema; fascism; Padilha; Elite Squad