Duchamp, o sensível, a indiscernibildiade
Marcos Martins
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Rio de Janeiro (RJ)
MARTINS, Marcos. “Duchamp, o sensível, a indiscernibildiade”. Viso: Cadernos de estética aplicada, v. 1, n° 2 (mai-ago/2007), p. 71-85.
Aprovado: 07/07/2007 · Publicado: 12/08/2007
Duchamp, o sensível, a indiscernibildiade

Nos inventários da arte do século XX, o trabalho de Marcel Duchamp é com freqüência compreendido apenas em sua dimensão conceitual, ignorando-se uma possível presença do sensível em sua obra. Partindo do conceito da obra de arte como “um ser de sensação” criado por Gilles Deleuze e Félix Guattari, proponho, nesse trabalho problematizar tanto o lugar reservado a Duchamp pela história da arte, quanto os limites da definição de arte formulada por aqueles filósofos. Para explorar a possibilidade de se pensar uma poética duchampiana este texto se vale estrategicamente de duas referências: as teses de Rosalind Krauss a respeito da materialidade e do erotismo na obra do artista e os conceitos de duração, memória hábito e reconhecimento atento formulados pelo filósofo Henri Bergson.

Palavras-chave:
Duchamp; Deleuze; Gattari; Bergson
Duchamp, the Sensorial, the Indiscernibility

In the inventories of the Twentieth Century’s art, the understanding of Marcel Duchamp’s work is frequently restricted to its conceptual dimension; sensory and erotic qualities are usually left behind. This text takes as a starting point the concept of work of art as a “being of sensation”, as formulated by Gilles Deleuze and Félix Guattari. The main goal is to problematize both the place reserved to Duchamp by Art History and the limits of the definition of art proposed by those philosophers. Aiming at the exploration of what could be taken as a Duchampian poetics this text makes strategic use of two references: Rosalind Krauss’ thesis on the presence of materiality and eroticism in the artist’s work and the concepts of duration, memory habit and attentive recognition as formulated by philosopher Henri Bergson.

Keywords:
Duchamp; Deleuze; Gattari; Bergson