Narrativas de ficção e existência: contribuições de Paul Ricoeur
Hélio Salles Gentil
Universidade São Judas Tadeu (USJT)
São Paulo (SP)
GENTIL, Hélio Salles. “Narrativas de ficção e existência: contribuições de Paul Ricoeur ”. Viso: Cadernos de estética aplicada, v. 9, n° 17 (jul-dez/2015), p. 166-178.
Aprovado: 06/12/2015 · Publicado: 17/02/2016
Narrativas de ficção e existência: contribuições de Paul Ricoeur

O trabalho apresenta algumas das contribuições da fenomenologia hermenêutica de Paul Ricoeur para a compreensão do lugar das narrativas na existência humana, destacando as relações entre as narrativas de ficção e a constituição da identidade pessoal, entendida por ele como sendo uma identidade fundamentalmente narrativa. Enquanto síntese do heterogêneo e mimesis da ação, o enredo – mythos, intriga – articula a dimensão temporal da existência e participa da constituição de um mundo humano significativo. Procuramos mostrar como as narrativas de ficção fazem parte desse tecido do mundo e da identidade, contribuindo para a configuração e refiguração de seu horizonte, com um exemplo de seus entrelaçamentos numa obra de ficção, The Hours, de Michael Cunningham.

Palavras-chave:
narrativa; ficção; existência; Ricoeur; identidade pessoal
Fictional Narratives and Existence: Contributions by Paul Ricoeur

This paper aims to present some contributions from Paul Ricoeur’s phenomenological hermeneutics to understand the place of narratives in human existence, especially the relationships between fictional narratives and personal identity, basically a narrative identity in his thought. The ‘emplotment’ – mise in intrigue, mythos – is understood as a “grasping together” and mimesis of action; it configures the human temporal experience and it is part constitutive of the symbolic human world. To show how fictional narratives taken part on this interwoven between personal identity and world, and how narratives contribute to configure and refigure their horizon of action, we take an example from a novel by Michael Cunningham, The Hours.

Keywords:
narrative; fiction; existence; Ricoeur; personal identity